Inicio     /     Artigos    /     Dor de cabeça pode indicar problemas de visão

Artigos

Dor de cabeça pode indicar problemas de visão

Dor de cabeça pode indicar problemas de visão

A cefaleia (dor de cabeça) é uma das queixas mais comuns de pacientes em consultórios. Uma dor que pode sinalizar diversos problemas, por isso, para descobrir a causa o médico precisa conhecer a história do paciente para fazer um correto diagnóstico e tratar a possível causa, que pode, por exemplo, ser de origem oftalmológica.

Hipermetropia e astigmatismo são defeitos de refração que podem ser a causa da cefaleia. Nesses dois casos, a dor é causada pelo esforço visual necessário para que se possa enxergar bem. Normalmente as dores aparecem após períodos de leitura ou do uso contínuo do computador, porque é cansativo para as pessoas com hipermetropia manterem as imagens em foco nítido. Muitas delas são hipermétropes e nem sabem, já que os olhos podem compensar o ajuste do cristalino para tentar ver claramente até certo grau.

Com relação ao astigmatismo o que acontece é que o olho não consegue focar a luz na retina de forma uniforme. Esse problema de refração faz a pessoa ver de forma distorcida ou desfocada a qualquer distância. Horas a fio em frente ao computador ou então em leituras também podem causar desconforto. Para evitar isso, é recomendável utilizar o computador ou o celular com a luz não muito mais clara do que a luz ambiente para não agredir a pupila.

O estrabismo também pode causar dores de cabeça. Nesse caso, os estrábicos colocam os olhos sob tensão para mantê-los paralelos e aí surge a dor de cabeça. A pressão nos olhos (glaucoma) também pode ser sinalizada pela cefaleia. A doença causa a perda progressiva da visão devido à morte das células do nervo ótico.

Fica o alerta: manter o bom senso ao utilizar tablets, computadores e celulares. É importante desviar o olhar das telas por alguns minutos durante o uso. Intercalar o foco do olhar. Seja no trabalho ou seja por lazer. Essa dica é ainda mais importante para as crianças, que ainda estão em formação. A mesma dica vale ao ler livros ou estudar por muito tempo.

Uma simples consulta ao médico oftalmologista pode ajudar. Ele é o profissional responsável por detectar os problemas de visão e por encaminhar para o melhor tratamento. Muitas vezes a prescrição de óculos de grau já soluciona a dor de cabeça!


COMPARTILHAR